Publicado em

Obediência: COMAB – Confederação Maçônica do Brasil

A COMAB nasceu da união de 10 Grandes Orientes Estaduais que, em 1973, se desfiliaram do GOB e começaram a trabalhar de forma independente em seus Estados. Tudo se deveu a uma eleição de Grão-Mestre do GOB que foi impugnada. Hoje, a COMAB possui 19 Grandes Orientes Independentes filiados.

Os Grandes Orientes da COMAB possuem grande dificuldade de firmar tratados de reconhecimento com Obediências do Exterior, visto serem mais recentes do que as Grandes Lojas e GOB.
Uma característica forte da COMAB é o uso de aventais com borda vermelha no REAA, enquanto nas GLs e GOB adota-se azul. Porém, nessa questão a COMAB está correta. O uso do azul deveu-se por influência externa: Inglaterra e EUA.

13 comentários sobre “Obediência: COMAB – Confederação Maçônica do Brasil

  1. Ola Ir.´. Quando da cisão de 1973, o GOSP assinou o manifesto de desfederalização do GOB, mas pelo que sei hj o GOSP esta federado ao GOB, correto? Vc sabe quando houve esse retorno? Outra dúvida, vc acha que a dificuldade da COMAB firmarm tratados de reconhecimento e de ser considerada regular pela UGLE se deve somente a seu pouco tempo de existencia?
    TFA
    Jean

  2. Prezado Ir.´. Kennyo Ismail.
    Estou, impressionado pela clareza e elevado conhecimentos sobre os assuntos ligados a Arte Real. Tenho a idade de 3 anos e minha Loja é a ARLS Cavaleiros Templarios no ritual Emulação. gostaria de saber ou ter sua orientação quanto a importancia do Livro da Lei (Biblia) para a civilização judaico-Cristã e quanto ao uso do Balandrau em nosso Ritual é utilizado corretamene, uma vez, que tive a informação de que o Balandrau são originários dos Carbonários , esclareça-me por gentileza.
    Fraternalmente.
    Ir. Jose Antonio da Silva

    Kennyo Ismail – Irmão José Antônio, obrigado pelo contato. A presença do Livro da Lei é princípio de regularidade na Maçonaria Regular, que determina a presença das três grandes luzes: um livro sagrado, um esquadro e um compasso. Sobre o uso do balandrau, muitos irmãos fazem confusão do que é do Rito e do que é decisão administrativa da Obediência, principalmente no Brasil. A vestimenta nos Ritos é avental, colar, faixa, cobertura. A roupa que se usa não é da alçada dos Ritos e sim das Obediências. Se usa terno ou calça jeans, cor de gravata, balandrau, túnica, capa do batman ou qualquer outra coisa, é questão da Obediência, nunca foi de Rito. Essa história de que não se usa balandrau em tal rito, ou que a gravata de tal rito é de tal cor é tudo invenção e decisão de Obediência. Rito não entra nessas questões. Um mesmo rito pode ser praticado de calça jeans e camiseta num Estado dos EUA, de fraque em outro Estado, de smoking na Inglaterra, de camisa branca de linho nas Filipinas, de balandrau no Brasil, etc. Quem vai determinar as regras de etiqueta é a Obediência. Mas, como sempre, no Brasil se faz uma grande confusão. Não entendem que, por exemplo, se um inglês veste uma calça cinza listrada e um paletó preto não é porque o Ritual exige e sim uma decisão administrativa.

    1. Irmão Kennyo ,
      Gostaria de agradecer-lhe pela gentil atenção e retorno ref. as minhas questões. Fico contente pela forma esclarecedora e satisfatória.Espero poder contar com seus conhecimentos e orientações, uma vez, que para nos aprendizes necessitamos de pessoas de tão elevado nível de conhecimento para o aprimoramento aos estudos da franco-maçonaria.
      Fraternalmente.´.
      Ir.´. Jose´Antonio da Silva A.F.M.

  3. Dileto irmão:
    gostaria que me esclarecesse uma dúvida:
    no R.E.A.A. tenho observado em algumas lojas, localizações diferentes para o Altar dos juramentos; também observei que o Mar de Bronze situa-se a noroeste, e deveria ficar a sudoeste ou seja à esquerda do Ir.´. 2º Vig.´..
    gostaria que me esclarecesse.
    Desde já agradeço.
    Um Tripl.´. Frat.´. Abr.´.
    José Joaquim da Silva Filho (M.´.M.´.I.´.)A.R.L.S. Acácia do Parnaíba nº 6, Or.´. Floriano-pi
    Floriano, 21 de fevereiro de 2014.

    Kennyo Ismail – Meu irmão José Joaquim, o REAA é um rito cujo desenvolvimento ocorreu lentamente e em diferentes países. Heredom e graus rosa-cruzes surgiram na França, enquanto que boa parte dos graus de Kadosh surgiram nos EUA. Ao ganhar o nome de REAA e o sistema de 30 altos graus no qual é trabalhado atualmente, ele simplesmente não possuia graus simbólicos. Dos graus simbólicos do Rito de Heredom praticados na França acabaram surgindo as versões dos graus simbólicos do REAA para nós do mundo latino. Porém, o Rito é um só, mas há Rituais diferentes do mesmo Rito. Nesse sentido, não existe certo ou errado, e sim versões diferentes dos rituais do REAA. Por exemplo, inicialmente na França há indícios de que o Livro Sagrado ficava aberto na mesa do Venerável. Em algumas versões posteriores ele ganhou um altar próprio, logo a frente da mesa do Venerável, mas ainda no Oriente. E no REAA nos EUA (altos graus), onde o Rito ganhou esse nome e o formato atual, o Altar passou a ficar no centro da Loja, por influência do Rito de York. Cada versão seguiu um raciocínio diferente para justificar uma interpretação ou mudança. E não há como dizermos como era o original porque, originalmente, não havia graus simbólicos do REAA. Apenas do Heredom, o qual não tinha uma grande padronização entre as Lojas.

    1. Muito bem respondido, inclusive considero uma das melhores explicações que vi sobre o porquê dos diferentes Rituais para o REAA no Brasil.

  4. Caro Ir.´. Kennyo,agradeço os esclarecimentos anteriores, porém gostaria que o irmão tire mais esta dúvida:
    Um Ir.´. para ser HEMÉRITO, deve ter 25 anos ininterrúptos, e se esse ir.´. ficar por 2 anos afastado do quadro, como proceder?
    muito obrigado.
    Um Tripl.´. Frat.´. Abr.´.
    José Joaquim da Silva Filho.
    Floriano, 19 de março de 2014 E.´. V.´..

    Kennyo Ismail – Meu Irmão, isso pode mudar de uma Obediência para outra. Deve-se verificar a legislação da Obediência, visto que geralmente é um prazo ininterrupto no qual o irmão deve manter sua regularidade. Caso ele esteve irregular por um período, por menor que seja, a contagem inicia-se do zero. Mas a legislação pode talvez prever algum tipo de exceção.

  5. Dileto Irmão Kennyo:
    Gostaria de saber se um irmão pode se filiar à uma loja de outra potência,
    sem que seja preciso desligar-se da sua loja e potência?

    Desde já agradeço.
    Um Tripl.´. Frat.´. Abr.´.
    José Joaquim S. Filho (M´.´M.´. I.´.)
    Floriano, 08/04/2014 E.´. V.´.

  6. Ir.’., bom dia.

    Sou filiado ao GOSP-GOB e visitei uma loja filiada ao COMAB e gostaria de tirar 2 dúvidas :

    1ª – Posso frequentar a loja, mesmo sendo de outra potência ???

    2ª – O Rito que pratico é o REAA e a loja que frequentei também, porém existe muita diferença no que vi sendo praticado. O que mais me impressionou foi o fato dos irmãos ficarem a ordem antes da abertura dos trabalhos e depois permanecerem a ordem após o fechamento dos trabalhos, o mesmo rito não teria que ter o mesmo preceito ???
    T.’.F.’.A.’.
    Ir.’. Marcos M.’.M.’.

    Kennyo Ismail – Prezado Ir.´. Marcos, a Maçonaria paulista possui um movimento chamado de “Maçonaria Unida de SP”, que congraça o GLESP, GOB-SP e GOP. A intervisitação é permitida e incentivada, pelo menos até que surja algo no papel declarando o contrário. Sobre o REAA ser diferente lá do que você provavelmente viu em sua Loja, isso ocorre porque as Obediências costumam publicar novas versões dos rituais com certa periodicidade. A cada publicação, inovações ou resgates aparecem. Com o passar das décadas, as diferenças tornam-se mais visíveis. Se você for em uma Loja da GLESP do REAA, também perceberá diferenças, tanto do que viu na Loja do GOP, quanto da sua Loja no GOB.

  7. O gorb e reconhecido como potência maçônica ????!!

    Kennyo Ismail – Não é reconhecido pelas principais Obediências Maçônicas do Brasil (GOB, CMSB, COMAB).

  8. Irm.’. Tenho 3 anos, minha loja mãe pertence ao GOP ( Gr.’.Or.’. do Paraná ). Sempre visito lojas de outras potencias regulares e minha pergunta é a seguinte : Tendo sido iniciado da mesma forma que qualqer maçon em outras potencias, tendo a maçonaria o objetivo de trabalhar o homem, tornando-o melhor a sociedade, veja bem, se todas tem a mesma visão o que falta para acabar com esta vaidade de cada um querer ser o dono da verdade ou ter sua razão prevalecida. O que falta para uma união de todas as potências regulares e reconhecidas ?

  9. ir:.KENNYO boa tarde. Tenho 4 anos de vida maçônica e minha potencia é comab. as vezes ficamos sem entender o certo pelo errado dessa briga entre potencia, pois moro no interior aqui e as vezes se não formos na reunião da loja de outra potencia não haveria reunião. se no próprio ritual ta escrito que a maçonaria não é regional e sim universal e esta espalhada por todo canto do universo, então por que esta briga? não temos culpa do erro dos outros. acho que deveria haver um bom senso e começarmos a olhar para frente, pois pregamos liberdade ,igualdade e fraternidade. tenho em minha consciência que jamais um maçom fecha a porta de sua casa para outro, mesmo sendo de outra potencia. acho que deveríamos começar a cobrar dos grãos mestre esta união, pois somos cobrados e nunca cobramos nada. deveríamos começar juntar os iir:. para exigir que essa diferença acaba que a união seja feita. a pouco tempo vi nas manifestações contra o governo muito maçons e penso que deveríamos começar a querer mudanças dentro da nossa instituição, pois se nós maçons fossemos unidos seriamos mais forte, pois se ainda existir essa diferença ou esta briga entre potencia não haverá concordância e nunca chegaremos a lugar algun um t;. a;. f;.

  10. Boa tarde Ir.’.
    O que é necessário para uma potencia irregular se filiar a COMAB ??? Tendo em vista que esta mesmo sendo “irregular” ou “expúria” tem tratados de amizades no exterior.

    Kennyo Ismail – Ir.´. Marcelo, as Obediências confederadas à COMAB não são irregulares. Se fossem, não seriam reconhecidas por outras regulares, como algumas Grandes Lojas do Brasil e do exterior que já as reconhecem.

  11. Parabéns pelas respostas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *