Publicado em

RITO DE PERFEIÇÃO x RITO ESCOCÊS

Todo bom maçom já escutou ou leu que o Rito Escocês Antigo e Aceito, organizado nos EUA com seus 33 graus, teve origem no Rito de Perfeição, de origem francesa, o qual possuía 25 graus. Temos aí uma diferença de 08 graus. Mas quem nunca se perguntou quais seriam esses 08 graus?
Para desvendar esse mistério, apresentamos uma tabela comparativa entre os 25 Graus que formavam o Rito de Perfeição e os 33 Graus que formam o Rito Escocês:

Os graus que surgiram nos EUA e foram acrescentados entre os graus do Rito de Perfeição, formando o sistema do Rito Escocês, são os graus hoje numerados entre o 23 e o 27, e os graus 29, 31 e 33.

Observem também que, originalmente, o grau “Intendente dos Edifícios” precedia o grau “Preboste e Juiz”, o contrário do que se tem hoje. O mesmo ocorre entre o grau “Cavaleiro Prussiano”, que precedia o “Grande Patriarca” (atual “Mestre Ad-Vitam”), e que também foram invertidos no REAA.
Importante frisar que os nomes dos graus do REAA costumam sofrer muitas variações de um Supremo Conselho para outro.

2 comentários sobre “RITO DE PERFEIÇÃO x RITO ESCOCÊS

  1. Muito bom, li muito hoje neste blog. Parabens

  2. Caro Mestre Kennyo, primeiro, aproveito para parabenizá-lo pela sua dedicação na difusão da doutrina maçônica e pelo trabalho em esclarecer a todos nós, amantes da Arte Real, com seu vasto e substancial conhecimento. Dito isto, pergunto se há sentido em afirmar que o Rito de Perfeição é derivado do Rito de Heredom?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *