Publicado em

MAÇONARIA NO MUNDO: CHINA???

Bandeira da República da China (Taiwan)
Existe maçonaria na China? Mais ou menos… depende de qual China! Existe a Grande Loja da China, mas não é da gigante China Comunista, a “República Popular da China”, e sim da pequena e capitalista Taiwan, cujo nome oficial é “República da China”.

A história entre esses dois países é complexa. Por muito tempo foram um único país, depois a “pequena China” foi considerada exílio da República da China, representando a China na ONU por anos e sendo chamada de a “China livre”, em detrimento da “grande China”, que havia se tornado comunista. Mas em 1971 a “grande China” passou a ocupar o acento na ONU e Taiwan perdeu o reconhecimento. Atualmente, as opiniões em Taiwan se dividem entre declarar independência ou unificar com a China comunista.

Nesse cenário temos a Grande Loja da China, criada na China continental em 1949 e que, quando do governo comunista em 1951, se viu obrigada a se mudar para Hong-Kong e depois em 1955 para Taiwan.

Atualmente a Grande Loja da China conta com 10 Lojas, as quais trabalham no Rito de York (americano, monitor de Webb) e os Mestres de Taiwan têm a opção de seguir os estudos no REAA, que conta com uma Grande Inspetoria composta de Loja de Perfeição, Capítulo Rosa-Cruz, Conselho Kadosh e Consistório; ou no Rito de York, que conta com 02 Capítulos de Maçons do Real Arco, Conselho Críptico e Comanderia Templária. Há ainda um Santuário de Shriners no país.
A Grande Loja da China tem tratados de reconhecimento com a Grande Loja Unida da Inglaterra, as Grandes Lojas Americanas e brasileiras, e as demais principais obediências maçônicas do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *