Os livros

UM CLONE PARA DEUS: O Caos sobre a Ordem

Primeiro volume de uma trilogia, “Um Clone para Deus: O Caos sobre a Ordem” é um thriller de ficção e aventura que tem como cenário inicial a comemoração do centenário da Ordem DeMolay, fraternidade juvenil patrocinada pela Maçonaria e que completará seus 100 anos em 2019. Em seu enredo, temas como clonagem, DeMolay, Maçonaria, Templários e crime organizado se cruzam em meio a invasões, sequestros, lutas e perseguições, num ritmo de tirar o fôlego.

Numa narrativa repleta de humor, suspense, tensão e adrenalina, o autor consegue levar o leitor a interessantes locais turísticos espalhados pelo mundo, enquanto dá pequenas aulas de história, linguística e filosofia, ocultas em diálogos interessantíssimos entre personagens muito bem caracterizados e com os quais chega a ser impossível não se conectar.
Leitura recomendada não apenas aos amantes de teorias da conspiração ou das ordens DeMolay e Maçônica, mas a todos os interessados numa excelente obra de ficção!

Segue uma breve sinopse, pela qual se pode ter uma ideia do que encontrar no livro:

A notícia do roubo do Sudário de Turim para fins de clonagem chama a atenção de todo o mundo, em especial da Maçonaria, acusada publicamente de ser responsável pelo crime. O fato desencadeia manifestações em vários países, com a formação de grupos a favor e contra a clonagem de Jesus.
Uma equipe maçônica formada por um professor brasileiro, um lobista americano, um hacker filipino e um mochileiro italiano é criada com a missão de descobrir os verdadeiros responsáveis e entregá-los às autoridades policiais, limpando assim o nome da Maçonaria.
A partir daí, eles iniciam uma busca frenética, uma corrida contra o tempo, com passagens por Kansas City, Turim, Edimburgo, Paris e Lisboa, e envolvendo invasões, sequestros, lutas e perseguições.
Um fim inesperado, que pode mudar o mundo ocidental como o conhecemos, ocorre numa favela do Rio de Janeiro.

Você pode adquirir o livro na loja virtual da Livraria Cultura e nas principais livrarias de todo o país.

 

HISTÓRIA DA MAÇONARIA BRASILEIRA PARA ADULTOS

Com prefácio do então Secretário-Geral da CMSB, Etevaldo Barcelos Fontenele, e posfácio do Presidente da COMAB, Gilberto lima da Silva, o livro, que conta com mais uma capa do irmão e ilustrador João Guilherme da Cruz Ribeiro, promove a máxima de que “a maçonaria que não conhece a sua história está condenada a repeti-la”.

A intenção é apresentar interessantes fatos históricos da maçonaria brasileira, alguns deles estranhamente desconhecidos por muitos dos irmãos, de forma nua e crua, apresentando questionamentos onde cabem e colocando o dedo na ferida dos erros, muitas vezes escondidos por frágeis curativos literários.

A obra apresenta um cruzamento analítico das duas histórias, a do Brasil e a da Maçonaria brasileira. Dividida em três grandes capítulos, relativos aos acontecimentos maçônicos ocorridos nos séculos XIX, quando a Maçonaria brasileira rapidamente alcançou seu ápice político e social; XX, quando sofreu duros golpes internos e externos, adormecendo política e socialmente; e XXI, quando se vê os primeiros sinais de um possível despertar.

Você pode encontrar a obra na loja virtual da editora ou em livrarias e outras lojas virtuais.

 

AHIMAN REZON

CAPA AHIMANO livro Ahiman Rezon – A Constituição dos Maçons Antigos – foi escrito por Laurence Dermott, então Grande Secretário da Grande Loja dos Antigos, há exatos 260 anos. Esta é a tradução comentada da 3a. e mais polêmica edição, escrita no auge do conflito entre Antigos e Modernos, que apresenta as Antigas Obrigações e evidencia o abismo entre as práticas maçônicas mais antigas e as diversas modernizações inventadas pelos chamados “Modernos”.

Publicada em agosto de 2016 pela Editora Maçônica “A Trolha” em formato de capa dura e miolo em papel amarelado, com as gravuras e formato originais, essa edição pioneira no Brasil de um clássico da Maçonaria Universal tem por objetivo proporcionar ao leitor a experiência de ler uma obra de mais de 250 anos. Os comentários foram apresentados como notas de rodapé, seguindo a mesma formatação das notas apresentadas por Dermott e pelo filósofo John Locke.

Ahiman Rezon é como um elo perdido que permite a identificação e compreensão das distintas características ritualísticas dos Antigos e dos Modernos, que sobrevivem escancaradamente nos ritos maçônicas em prática no Brasil.

Você pode adquirir o livro na loja virtual da editora ou nas lojas virtuais e livrarias conveniadas.

 

DEBATENDO TABUS MAÇÔNICOS

foto (2)Em janeiro de 2016 foi lançado, pela Editora Maçônica A Trolha, o livro “Debatendo Tabus Maçônicos. A obra pode ser adquirida na Loja Virtual da Editora A Trolha.

Para este livro, fui presenteado com uma capa desenhada pelo Irmão João Guilherme da Cruz Ribeiro, que, sem dúvida alguma, é o maior ilustrador da Maçonaria brasileira, além de excelente escritor e um grande intelectual de nossa instituição. A capa, como os leitores do blog podem ver aqui em primeira mão, dá fortes indícios sobre os assuntos que são abordados nessa obra.

Esta obra trata de tabus na Maçonaria. Sabe quando há uma barreira pré-concebida sobre determinados assuntos, cuja discussão é muitas vezes desencorajada ou, até mesmo, vetada por alguns? Então, esses assuntos tornam-se tabus: bombas escondidas sob o véu maçônico, mas que continuam ali, correndo o risco de explodir a qualquer momento.

Há alguns anos decidi por realizar um estudo a longo prazo, o qual resultou nesta obra. Os dados foram coletados durante as palestras que tive o prazer de realizar em Lojas Maçônicas e Obediências, além de eventos maçônicos que participei durante o período de pesquisa, tanto no Distrito Federal como nos Estados do AM, BA, ES, GO, MT, MS, MG, PB, PE, RJ, RN, RS, RO, SC e SP. Após a coleta dos diferentes tabus presentes na Maçonaria brasileira, foi feita uma análise de conteúdo, pela qual os tabus foram categorizados e subcategorizados com base em suas origens e tipologia, e posteriormente analisados. O resultado? Posso garantir que, assim como a capa, é “bombástico”!

 

 O LÍDER MAÇOM

CAPA O LIDER MAÇOMO livro O LÍDER MAÇOM: como a Maçonaria tem formado líderes nos últimos séculos e colaborado para a felicidade da humanidade, teve seu pré-lançamento, em dez/2014, restrito aos membros do Círculo do Livro Maçônico da editora “A Trolha”.

Agora já está disponível aos demais interessados nas livrarias conveniadas e na Loja Virtual da editora A Trolha.

Contando com mais de 160 referências bibliográficas, a obra é resultado de uma pesquisa com aproximadamente 3.000 maçons, de todas as 27 Unidades Federativas do país e das três vertentes maçônicas brasileiras: GOB, CMSB e COMAB. Trata-se da primeira pesquisa social realizada em âmbito nacional sobre a Ordem Maçônica, e seus resultados foram surpreendentes.

Na opinião de João Guilherme: “Algumas de suas observações muitíssimo bem fundamentadas vão causar surpresa.  Muita gente que repete asneiras sem fim vai levar bons sustos.  E tudo é apresentado muito racionalmente, com método e sólidos alicerces.  Irretorquível!

 

DESMISTIFICANDO A MAÇONARIA

Em 2012 foi lançado o livro “Desmistificando a Maçonaria”, pela editora Universo dos Livros. A proposta do livro é fornecer literatura maçônica de qualidade, numa linguagem acessível e num formato que proporcione leitura fácil e interessante.

O livro está disponível, além dos pontos de venda credenciados pela Universo dos Livros, em algumas lojas virtuais especializadas em produtos maçônicos.

Seu e-book pode ser adquirido no iTunes.

O livro busca desmistificar símbolos, conceitos, termos e fatos históricos envolvendo a Maçonaria, tendo muito de seu conteúdo feito com base nos estudos e textos publicados aqui no blog. A obra conta ainda com algumas ilustrações do famoso Irmão João Guilherme da Cruz Ribeiro.

Aos irmãos brasileiros que residem nos EUA, o livro pode ser encontrado, dentre outros lugares, no acervo da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e da Biblioteca do Supremo Conselho do REAA da Jurisdição Sul dos EUA, o Supremo Conselho “Mãe do Mundo”.

Um comentário sobre “Os livros

  1. A história que eu gostei foi Jacques de Molay. Um homem de muita espiritualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *